No mundo de hoje existe espaço para o funcionário contábil ou fiscal medíocre?


Você é funcionário de um escritório de contabilidade ou trabalha no departamento fiscal de uma empresa? Então você sabe que a profissão do contador passou por grandes transformações ao longo dos últimos anos. O profissional que antigamente era responsável apenas pela guarda de livros e documentos se tornou parte estratégica para o crescimento sólido e constante de qualquer negócio.

Muitos profissionais não conseguiram acompanhar o avanço da tecnologia e permaneceram com suas mentalidades (e práticas) estáticas, sendo facilmente engolidos pela grande concorrência. Outros, fingiram que se adaptaram, se informaram sobre o básico e a partir daí passaram por empresa após empresa, sem adquirir estabilidade devido à execução de serviços medianos. Por outro lado, alguns se tornaram profissionais de destaque, alcançaram ótimos resultados, são disputados no mercado e estão sempre na mira das grandes companhias. Esse desnível é facilmente percebido por quem, assim como nós, lida diariamente com centenas de profissionais.

Em tempos de SPED, os funcionários médios se preocupam apenas em conseguir transmitir seus arquivos no PVA. Mais de 10 anos após a implementação do Sistema Público de Escrituração Digital e alguns ainda acreditam que o PVA audita o arquivo e que se o arquivo foi validado e transmitido, a empresa está livre de problemas com a fiscalização. Investigar ocorrências que podem derrubar a empresa em caso de fiscalização amanhã? Nem pensar, afinal “o arquivo passou no PVA”. Outros até têm conhecimento das centenas de erros que enviam sistematicamente através do SPED, mas são adeptos da “lei do menor esforço” e inventam uma infinidade de desculpas para não atuar na correção dessas ocorrências: “isso é só um alerta, não gera multa”; “são muitos erros, impossível corrigir”; “nunca fui autuado”.

Se o funcionário aparentemente está com seu serviço em dia, mas “por debaixo dos panos” as coisas não estão indo tão bem, provavelmente não permanecerá muito tempo em seu emprego, já que a longo prazo o custo/benefício desta atuação pode acabar em prejuízo.

Os melhores funcionários, ao contrário, são sempre proativos e geralmente se envolvem na resolução de situações sem que precisem receber ordens, já que estão sempre disponíveis e comprometidos com o trabalho. Utilizam tecnologia para auxiliar seus processos de conferência, como é o caso do e-Auditor. Profissionais indispensáveis não se restringem à zona de conforto mas ultrapassam os limites daquilo que lhes é confortável em busca de soluções para os problemas da organização. Para alguns não faz sentido ouvir que alguém possa zelar tanto por negócios que não sejam seus, mas sim, esses trabalhadores existem e são raros. E sim, eles são remunerados com valores muito superiores ao salário de um profissional mediano.

Em qualquer empresa que tenha como principal objetivo a obtenção de lucro, estar de olho nos números é essencial. Um bom profissional deve observar os resultados práticos do seu trabalho e os valores financeiros que gera para a empresa. Se o esforço de um bom colaborador gera lucro para a empresa, a displicência de outro com certeza trará prejuízo, cedo ou tarde.

A boa notícia é que, independente do ponto em que você esteja, há sempre a possibilidade de crescer. Repare que sua negligência de hoje não afeta só a empresa na qual você trabalha, ela afeta sua imagem profissional e sua carreira. Todos nós estamos correndo atrás de melhores posições no mercado, e se você acha que um descuido no seu trabalho não trará resultados para sua vida mais à frente, está terrivelmente enganado. Ser desligado de uma companhia por má atuação reflete em todas as oportunidades que você pode ter mais adiante. Referências ruins do seu trabalho serão sempre um impeditivo para que você alcance o sucesso. Portanto, os erros que você vem transmitindo pelo SPED também são problema seu. Seus resultados estão sempre sendo observados, e você deveria fazer o mesmo se busca uma melhor colocação na sua área.

As empresas procuram sempre por um conjunto de habilidades e competências que destaquem o bom profissional dos funcionários medianos. Não perca a oportunidade de conquistar e manter um emprego através do seu bom desempenho. Esteja acima da média, não transmita informações erradas se você tem tecnologia para detectar inconsistências de maneira rápida e precisa (saiba mais). Só permanece no mercado quem busca um constante aprimoramento de suas atividades, e quem encara os problemas da empresa que trabalha como se fossem seus. Faça o melhor que puder sempre, e tenha a certeza de que seu esforço será recompensado com uma boa colocação e com a estabilidade e valorização que todos buscamos.

Por Priscila Garcia

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

©2017 Criado orgulhosamente por Booom Criative.